Ontem não passava de uma suspeita, que a APDL não comentava. Mas com base em observações dos estivadores do porto de Leixões, alguma actividade invulgar no terminal ro-ro daquele porto poderia significar uma preparação para receber veículos da Autoeuropa destinados à exportação
Sindicato dos Estivadores e da Actividade Logística
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O mais recente desenvolvimento da situação da paragem de actividade por parte dos estivadores do porto de Setúbal foi ontem adiantado pela TVI, que dava conta de que a Autoeuropa poderia estar a preparar o escoamento de veículos pelo porto de Leixões. Tal opção seria uma alternativa à exportação pelo porto de Setúbal, que está inviabilizada pela paragem dos estivadores.

De acordo com aquela estação televisiva, estaria em curso a preparação do terminal ro-ro do porto de Leixões para receber, eventualmente, 350 veículos ainda esta semana. Tal possibilidade parecia reforçada pelo facto de, segundo a estação, se verificar um movimento invulgar naquele terminal, de acordo com suspeitas dos estivadores locais . O nosso jornal contactou fonte próxima da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), que nos garantiu que esta administração não comenta o assunto. De acordo com a TVI, a APDL também não estaria a fornecer qualquer informação sobre o assunto aos estivadores do porto.

Entretanto, um dos estivadores em vigília junto à sede da Operestiva, para onde se deslocaram recentemente vários daqueles trabalhadores do porto de Setúbal, em declarações à imprensa, admitiu que a actual greve ao trabalho suplementar, marcada até ao último dia deste ano, poderá mesmo ser prolongada se as reivindicações divulgadas pelo Sindicato dos Estivadores e da Actividade Logísitca (SEAL) não forem satisfeitas.

O mesmo estivador lembrou que essas reivindicações passam, no caso de Setúbal, pela contratação de 56 trabalhadores, “num universo de 150 precários” e por garantias de que outros eventuais ficarão com direito a realizar um turno antes de algum efectivo fazer um turno extraordinário. Na ocasião, o estivador fez ainda um apelo à negociação entre o representante da Operestiva, o presidente do SEAL e representantes das principais empresas operadoras portuárias do país – a Yilport, o grupo ETE e o grupo Sousa.

 



Um comentário em “Carros da Autoeuropa poderão sair por Leixões”

  1. Manuel diz:

    Por esta via se espera que, pelo menos, este serviço não passe a fronteira, porque do lado espanhol já exportam muitos carros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Seminário WavEC 2018

    4 Dezembro, 2018 - 5 Janeiro, 2019
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill