A ministra do Mar determinou proceder ao levantamento dos prejuízos relacionados com a economia do mar no porto da Figueira da Foz e nos distritos de Coimbra, Leiria e Aveiro
Ministério do Mar
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Face ao cenário complexo verificado no porto da Figueira da Foz e noutros pontos dos distritos de Coimbra, Aveiro e Leiria, o Governo já aprovou legislação para determinar os prejuízos sofridos pelas empresas de economia do mar que operam naquele porto e por outras empresas dos segmentos de produção, transformação e comercialização de produtos da pesca e da aquicultura dos três distritos.

Por Decreto-Lei, foi determinado adoptar medidas de apoio às populações, empresas e autarquias locais afectadas pelo furacão Leslie nos dias 13 e 14 de Outubro deste ano e por Despacho do Ministério do Mar determinou-se que a Administração do Porto da Figueira da Foz proceda ao levantamento dos prejuízos causados nas pessoas ou empresas do sector pelo furacão Leslie.

O Ministério do Mar também  determinou que a Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro procedesse ao levantamento dos danos sobre pessoas e empresas do segmento da produção, transformação e comercialização dos produtos da pesca e aquicultura com sede nos distritos de Aveiro, Coimbra e Leiria.

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Seminário WavEC 2018

    4 Dezembro, 2018 - 5 Janeiro, 2019
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill