Membros da GIA, da IMO, estão a desenvolver um sistema para controlar a situação dos portos, fornecendo informação aos navios para que possam marcar a sua chegada.
International Chamber of Shipping
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Reduzir o tempo de espera dos navios em espera fora do porto e ancorados poderá ser um passo para diminuir as emissões dos navios? Membros do projecto GloMEEP (Global maritime energy efficiency partnerships) da Global Industry Alliance (GIA) concluíram que sim, e por isso pretendem implementar o just in time, ou seja, actualizações da situação dos portos que, providenciadas aos navios antecipadamente, permitir-lhes-á marcar a chegada ao porto e consequentemente reduzir emissões e a despesa com combustível.

Para fazer desta uma realidade global, a GIA está a analisar os obstáculos operacionais e contratuais para implementar as operações just in time, de forma a identificar medidas que possam ser tomadas por todas as partes interessadas (incluindo navios, autoridades portuárias, operadores de terminais).

A GIA, um iniciativa público-privada da Organização Marítima Internacional (IMO, na sigla inglesa) no âmbito do projeto GloMEEP da própria IMO, do United Nations Department of Procurement do Global Environment Facility (GEF-UNDP-IMO), está igualmente a reunir os líderes da indústria marítima para apoiar um sistema de transporte marítimo de baixo carbono e eficiência energética e já começou a procurar soluções neste sentido.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Da Cartografia na Antiguidade até à Cartografia Portuguesa

    Novembro 16 @ 15:00 - 17:30
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill