A formação foi teórica e prática, durou três semanas e incidiu sobre processos de contra-ordenação, instrução e decisão
Pedro Santana Lopes
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Direcção-geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) ministrou formação teórica e prática a inspectores de pesca de São Tomé e Príncipe sobre processos de contra-ordenação, instrução e decisão.

A formação decorreu no âmbito da cooperação bilateral entre Portugal e aquele país, durante três semanas, nas instalações da DGRM e no espaço marítimo nacional. A componente teórica durou uma semana e a prática,em ambiente real, através de acções de inspecção em mar”, conforme explica a DGRM, durou duas semanas, uma “no espaço marítimo algarvio” e outra “no espaço marítimo ocidental norte”.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Seminário WavEC 2018

    4 Dezembro, 2018 - 5 Janeiro, 2019
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill