A WSL anunciou recentemente que irá instituir nos seus quadros de 2019 igualdade de remuneração nas premiações para homens e mulheres.
World Surf League
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A alteração da premiação na WSL (World Surf League) para atletas de surf entra em vigor em 2019, prevendo-se que tanto homens como mulheres recebam o mesmo valor de prémio nas competições controladas pela WSL.

Na comunicação feita recentemente, para entrar em vigor na próxima temporada das competições, a liga reconhece que se torna a “primeira e única liga desportiva global dos Estados Unidos da América, e entre as primeiras a nível internacional, a alcançar a igualdade de remuneração do prémio”, pelo que está “orgulhosa de seu compromisso com a igualdade de género”.

A CEO da WSL, Sophie Goldschmidt admite que “este é um enorme passo na nossa estratégia há muito planeada para elevar o surf feminino e estamos entusiasmados para assumir este compromisso ao revelar o calendário para 2019. Esta é a mais recente de uma série de acções que a Liga se comprometeu a mostrar às atletas, desde competir nas mesmas ondas que os homens, a mais investimento e apoio”.

Aquilo que a surfista Stephanie Gilmore, campeã de surf do mundo seis vezes, considera “incrível”, explica-se da seguinte forma: mais do que o valor do prémio é a mensagem que é importante, e por isso, a surfista espera que a “partir deste momento a situação das surfistas mude para melhor” e que “este passo sirva de modelo a outros desportos”.

Também o campeão do mundo 11 vezes, Kelly Slater, referiu que as “mulheres do tour merecem esta mudança”, explicando o quão orgulhoso está pela liderança do surf na igualdade e na justiça no mundo do desporto. Mencionando ainda que tanto as atletas como os atletas estão muito preparados para as competições, pelo que nada mais justo do que receber o mesmo.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Segurança

    Setembro 28
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill