Entre as actvidades relacionadas com o oceano levadas a cabo nos Estados Unidos, a que obteve mais sucesso entre a população foi a de “Fotografar e Ver o Oceano”.
China Navigation Company
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Ver e fotografar o mar são as actividades que mais atraem os amantes do oceano, em termos de número de participantes, número de dias e valor pago por serviço, nos Estados Unidos, conclui um relatório recente da NOAA (National Oceanic and Atmospheric Administration, ou Administração Oceânica e Atmosférica Nacional) Fisheries, o serviço nacional dos Estados Unidos responsável pela administração dos recursos marinhos.

Os números do questionário da National Ocean Recreation Expenditure para o NOAA Fisheries revelam que em 2012, o ano de referência desta análise, cerca de 49 milhões de pessoas com idade superior a 18 anos em todo o país participou neste entretenimento oceânico, tendo passando mais de 1,2 mil milhões de dias ao longo da costa e gasto mais de 122 mil milhões de euros em serviços marítimos relacionados. Movimentos que geraram 3,1 milhões de empregos (tanto part-time como full-time), 353 mil milhões de euros para as empresas e cerca de 116 mil milhões de euros de receitas familiares.

A região do Pacífico, com 48% de costa, obteve o maior número de participantes, dias e actividades. Sendo que cerca de 14 milhões de participantes gastaram 382 milhões de dias em actividades no oceano e mais de 37,7 mil milhões de euros em viagens e serviços relacionados.

E a região do Médio Atlântico, com 12% de costa, foi a segunda no que respeita ao número de participantes, com uma média de 135 milhões de dias.

Note-se que o questionário, levado a cabo entre 2012 e 2013, foi realizado às empresas ligadas ao mar, e focou-se nas seguintes categorias: Pesca Recreativa; Conquilicultura Recreativa; Caça Aquática; Visualizar ou Fotografar o Oceano; Limpeza das Praias; Desporto Aquático; Actividades de Lazer em Embarcações; Actividades Externas que não envolvem contacto com água.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Da Cartografia na Antiguidade até à Cartografia Portuguesa

    Novembro 16 @ 15:00 - 17:30
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill