A segurança marítima de Cabo Verde tem importância global, reconheceu o ministro da Defesa de Portugal
Azeredo Lopes
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O ministro da Defesa português, Azeredo Lopes, admitiu a importância global da segurança marítima da sub-região em que se insere Cabo Verde, na sequência da assinatura de uma declaração tripartida de cooperação entre Portugal, Cabo Verde e o Luxemburgo.

“Se Cabo Verde conseguir ter meios mais eficientes para garantir a segurança marítima nesta sub-região, então ganhamos todos, porque esta sub-região é muito importante do ponto-de-vista global”, referiu Azeredo. No que foi secundado pelo representante luxemburguês, Étienne Schneider, que referiu que o “nível securitário de Cabo Verde também diz respeito ao Luxemburgo”, considerando que é “extremamente útil que o Luxemburgo participe no desenvolvimento da capacidade” de segurança marítima daquele país.

Azeredo Lopes disse ainda que conhecendo-se “a posição privilegiada de Cabo Verde em termos geográficos e geopolíticos” e a “grande tradição militar da Ilha de São Vicente, do que se trata é de olharmos para isto como uma oportunidade para uma cooperação futura que envolva a segurança marítima, e que no fundo reforce não só a segurança de Cabo Verde, mas dos nossos três países”.

 



Um comentário em “Azeredo Lopes admitiu importância da segurança marítima de Cabo Verde”

  1. Orlando Temes de Oliveira diz:

    Mas que extraordinária descoberta do Sr. Ministro. Isto é que é visão estratégica! E o curioso é que foi isto o que me ensinaram nos bancos da escola, já há várias décadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill