Alguns armadores europeus beneficiam do momento de tensão entre o Irão e os Estados Unidos para fazerem bons negócios, transportando o crude iraniano para a Europa, contrariando o desejo de Washington de isolar Teerão no contexto internacional
Irão
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Apesar da ameaça de sanções dos Estados Unidos a empresas que façam negócios com o Irão e que só entrarão integralmente em vigor em Novembro, alguns armadores insistem em transportar petróleo iraniano para a Europa, correndo o risco de perder as boas graças do mercado norte-americano, e obtêm boas margens com as operações, referia recentemente o Hellenic Shipping News.

Num período de poucos ganhos, alguns armadores beneficiam de um prémio maior do que o normal nas viagens do Médio Oriente para a Europa, mesmo com uma diminuição do fluxo de petróleo iraniano para a Europa. Além disso, esta é uma forma de os armadores recolocarem os seus navios do Oriente no Mediterrâneo, que é uma boa zona de embarque, sem terem que pagar o lastro.

Segundo a mesma notícia, o grosso desta exportação de crude iraniano é transportado pela empresa pública do Irão National Iranian Tanker Company e o restante por alguns armadores gregos e turcos. Algumas fontes falam em quatro armadores europeus que prestam este serviço do Irão para a Europa, que recebe cerca de um terço das exportações de crude de Teerão.

De acordo com a notícia, os principais compradores desse crude são a Turquia, a França, a Itália, a Espanha e a Grécia. No caso dos fluxos para a Turquia e Itália, permanecem elevados, mas nos casos de França, Espanha e Grécia o fluxo está a diminuir. Em Junho e Julho, as exportações de crude do Irão para a Europa caíram para 400 a 500 mil barris diários. O Irão é o terceiro maior produtor de crude da OPEP, depois da Arábia Saudita e do Iraque, e produz cerca de 3.7 milhões de barris diários de crude, segundo algumas estimativas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill