Os retalhistas norte-americanos revelam boas perspectivas para as importações, apesar de uma guerra comercial iminente de uma guerra comercial do seu país com parceiros poderosos, como a China e a União Europeia
Federação Nacional dos Retalhistas
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Apesar da tensão comercial entre os Estados Unidos e alguns dos seus parceiros económicos, incluindo a União Europeia, a China e os vizinhos Canadá e México, e dos receios de que as taxas sobre o aço e alumínio importados possam provocar uma crise no país, um relatório da Federação Nacional dos Retalhistas (NRF, na sigla em inglês) norte-americanos antecipa recordes de importações nos principais portos de retalho nacionais no próximo Verão e Outono, refere o World Maritime News.

“Apesar de um ambiente em que a Administração dos Estados Unidos toma medidas que podem levar a uma guerra comercial com muitos dos seus parceiros asiáticos e europeus, vemos que as importações continuam a aumentar”, refere Ben Hackett, fundador da Hackett Associates, citado pelo jornal, sublinhando que os fabricantes registaram mais encomendas, o que traduz uma procura sólida e indicia que “nem a indústria nem os consumidores acreditam verdadeiramente que o Presidente Trump prossiga com as suas propostas de taxas”.

De acordo com o relatório da NRF, as previsões para Julho, Agosto e Outubro superam, em cada mês, o recorde anterior de 1,83 milhões de TEU importadas durante um único mês, estabelecido em Agosto de 2017. E as previsões para o 1º semestre deste ano, que apontam para importações de 10,2 milhões de TEU, superam em 3,8% as do 1º semestre de 2017.

Recorde-se que quando Trump falou pela primeira vez na imposição de taxas alfandegárias sobre a importação pelos Estados Unidos de aço e alumínio provenientes da China, a NRF e outros agentes de mercado manifestaram de imediato preocupações com o efeito que tais medidas poderiam ter nos portos do país e no preço dos bens de consumo. Efeitos que, apesar dos dados agora revelados, não ficam totalmente afastados, até porque o Presidente Trump parece determinado a impôr tais medidas.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Seminário: Exploração de Hidrocarbonetos na Era da Transição Energética

    Junho 27 @ 14:30 - 18:30
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill