Eólica offshore
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Europa investiu 18,2 mil milhões de euros em parques eólicos offshore em 2016, mais 39% do que no ano anterior, contra um investimento de 9,3 mil milhões de euros em energia eólica onshore, que caiu 29% face a 2015, de acordo com dados da WindEurope, uma associação não lucrativa representativa do sector da energia eólica.

No total, a energia eólica correspondeu a 51% das novas instalações energéticas implementadas na União Europeia (UE) em 2016, ligando 12.5 GigaWatts (GW) à rede nos 28 Estados membros, dos quais 1.567 GW em offshore (13% do mercado) e 10.923 GW em onshore, refere a associação.

Desta forma, a energia eólica superou toda a capacidade instalada por outras fontes de energia ao longo do último ano, contribuindo para que as turbinas ultrapassassem o carvão como segunda principal fonte energética em capacidade instalada. Neste momento, a capacidade instalada de energia eólica na Europa é de 153.700 GW (141.100 GW onshore e 12.600 GW offshore), e em 2016 satisfazia 10.4% das necessidades europeias de electricidade, refere a WindEurope.

Segundo a associação, em 2016 a Alemanha foi o principal mercado da UE em nova capacidade instalada de energia eólica (44%) e actualmente é o país com mais capacidade instalada de energia eólica (50.019 MW), seguido pela Espanha (23.075), Reino Unido (14.542) e França (12.065). Portugal instalou 268 MegaWatts (MW) em energia eólica (2,1% do total instalado na UE nesse ano), aumentando a sua capacidade instalada nesta fonte energética para 5.316 MW).



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill