A nova infra-estrutura estará pronta em 2020, com capacidade para 5 mil passageiros e destinada a operações de turnaround
Terminal de cruzeiros de Copenhaga
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Administração do Porto de Malmoe/Copenhaga deu luz verde à construção de um novo terminal de cruzeiros (Terminal 4) em Copenhaga. Ficará localizado próximo do actual terminal Oceankaj, em Ydre Nordhavn, terá capacidade para 5 mil passageiros e deverá estar concluído em 2020. Mais um sinal de que a crescente procura do turismo de cruzeiros está a ser aproveitada pelos operadores para valorizar o sector, tal como sucede em Portugal, onde em breve será inaugurado oficialmente o novo terminal de cruzeiros de Lisboa, já em funcionamento.

Conforme esclareceu Barbara Scheel Agersnap, CEO da Administração do porto, “um novo terminal projectado para mais de 5 mil passageiros irá permitir-nos receber navios maiores no futuro; com esse desenvolvimento, asseguramos que Copenhaga retém e desenvolve a sua posição como principal destino de cruzeiros no norte da Europa; estamos ansiosos para continuar a aliciar passageiros para a atractiva cidade de Copenhaga, através de uma estreita colaboração com vários parceiros e actores da cidade”.

De acordo com a mesma administração portuária, em 2017, 55 navios, cada um com mais de 4 mil passageiros a bordo, visitaram o porto de Malmoe/Copenhaga nas denominadas escalas de turnaround, ou seja, quando os navios trocam de passageiros. Espera-se que durante a temporada cheguem cerca de 850 mil pessoas. Arnt Moller Pederson, Chefe de Operações dos Cruzeiros e dos Ferries, admitiu ser esta uma decisão que lhes dá a oportunidade de criar um terminal atraente e moderno, capaz de lidar com o grande número de passageiros que esperam no futuro.

Segundo os responsáveis do porto, a indústria de cruzeiros gera mais de 4 mil empregos (nomeadamente empregos sazonais) em Copenhaga e contribui com um volume de aproximadamente 175 mil milhões de euros para a economia da região.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill