Conclusão do acordo esteve prevista para Março mas foi retardada por causa dos preparativos finais
Hapag-Lloyd
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A fusão entre a Hapag-Lloyd e a United Arab Shipping Company (UASC) deverá estar concluída no final de Maio, referia ontem o World Maritime News com base em declarações do porta-voz da Hapag-Lloyd. O esclarecimento foi prestado na sequência de relatos que davam conta de que o acordo final já estaria firmado.

“Neste momento, estamos a preparar a integração dentro do quadro legal; emitiremos uma declaração mais extensa no prazo de duas semanas”, refere a mesma fonte, citada pelo jornal. De facto, a conclusão do acordo esteve prevista para o final de Março, mas foi adiada devido a um atraso dos preparativos finais, refere o jornal.

O acordo inicial de fusão foi assinado em Julho de 2016, visando dar origem a uma frota de 237 navios com capacidade para 1,6 milhões de TEU. De acordo com o jornal, a nova empresa deverá movimentar anualmente cerca de 10 milhões de TEU e gerar um volume de negócios de 10,8 mil milhões de euros. E de 2019 em diante, são esperadas sinergias anuais no valor de 394,2 milhões de euros.

De acordo com o World Maritime News, nos termos do acordo, a Compañía Sudamericana de Vapores (CSAV), o município de Hamburgo (HGV) e a empresa Kühne Maritime permanecerão os accionistas controladores da Hapag-Lloyd e os accionistas maioritários da UASC, a Qatar Holding LLC, com 14%, e o The Public Investment Fund of the Kingdom of Saudi Arabia, com 10%, serão os novos accionistas chave da holding Hapag-Lloyd.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Conferência: Direito e Economia do Mar

    Maio 29 - Maio 30
  2. Business2Sea 2017

    Junho 5 - Julho 6
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill